Todas as Notícias

Notícias 11 Maio 2018

Nova diretoria do Sindicato das Funerárias do Rio toma posse em noite de festa

Avalie este item
(0 votos)

A nova diretoria do SEFERJ - Sindicato dos Estabelecimentos Funerários do Estado do Rio de Janeiro, tomou posse nesta quinta-feira, dia 10 de maio, durante jantar no tradicional Laço de Ouro, em Bangu. O evento, prestigiado por autoridades e empreendedores do setor funerário e cemiterial, marcou a nova fase de crescimento profissional das empresas locais.

Entre os pronunciamentos que se seguiram aos protocolos oficiais, o deputado estadual Jorge Felippe Neto, que também foi titular da Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente – SECONSERMA, falou sobre a necessidade de humanização dos atendimentos em todos os serviços públicos, mas em especial aos familiares que perdem seus entes queridos.

  

Diretoria Eleita para o período de 2018 a 2022

Presidente: Leonardo Martins da Silva (Costa Isaac); Diretor Secretário: Ladário José Magalhães (Casa Bom Pastor); Diretor Tesoureiro: Leonardo Rezende Esteves (Maracanã); Conselho Fiscal: Paulo Roberto Pereira Esteves (Maracanã), Waldir de Carvalho (Santa Bárbara) e Marco Antonio de Oliveira Simão (São Lázaro).

  

 

Roberto Nascimento, o atual Secretário da SECONSERMA, apresentou seu compromisso de estimular parcerias e valorizar o serviço cemiterial e funerário. Colocou toda a estrutura técnica do órgão ao dispor da entidade que representa o setor.

 

Daniela Guedes, titular da Coordenadoria Geral de Controle de Cemitérios e Serviços – CGCS, disse que as inovações de sua gestão criam condições para o desenvolvimento setorial. “Queremos concretizar juntos esse sonho de atender a população com mais dignidade e excelência”, destacou.

  

Sobre os objetivos da nova gestão, o presidente Leonardo Martins falou com exclusividade à reportagem do Cemitérios do Rio e Funerárias do Rio. Veja quadro abaixo. 

 

 

 

Da cerimônia ainda participaram Leonardo Esteves, Ladário Magalhães e Antonio Queiroz, presidente da FECOMÉRCIO - Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro. Formada por 61 sindicatos patronais fluminenses, a entidade representa os interesses de todo o comércio de bens, serviços e turismo do Rio.

 

 

De passagem pelo evento, Rubens Teixeira, primeiro titular da Secretaria de Conservação e Meio Ambiente da cidade, falou informalmente aos convidados. Lembrou que a coragem do empresário carioca e fluminense merece ser reconhecida. “Não é fácil empreender e gerar empregos num ambiente tão hostil de impostos desproporcionais e total insegurança econômica”, afirmou.

 

 

 Leonardo Martins

“Vamos continuar o trabalho que foi feito na gestão de Leonardo Esteves, em nome da evolução do serviço funerário no Rio de Janeiro. Porém, planejamos melhorar a integração com os poderes públicos, em todos os níveis; buscar interação cada vez maior com a prefeitura, fazendo com que ela entenda como nosso serviço é importante para a população; continuar buscando experiências que dão certo em outras partes do país, e que possam ser aplicadas no mercado local.

Além de desenvolver ações de qualificação profissional, em parceria com os órgãos públicos de controle, temos o compromisso de continuar mudando essa imagem marginalizada que o setor não se preocupou em desconstruir ao longo dos anos. Vamos mudar isso com decisões descentralizadas, entendendo nossos empresários, mas também ouvindo nossos usuários.

Outra meta é bem posicionar o sindicato. Acabamos de participar da Feira Funerária, onde dedicamos atenção especial aos temas de interesse de nossos associados. Conseguimos marcar presença no evento e fortalecer o sindicato perante as demais entidades do Brasil. Mostramos como nossas empresas associadas estão adotando as tecnologias mais avançadas e, também, como conseguimos dialogar com os órgãos de gestão.

Hoje o SEFERJ é reconhecido nacionalmente e já começa a apoiar as funerárias de todo o estado do Rio, orientando até quem ainda não participa do quadro social. “Importante é unir a categoria em torno dos mesmos objetivos, fortalecendo os conceitos de concorrência e ética”, finalizou Leonardo.

 "Somos a nova geração de empreendedores, que espera continuar contando, ainda por muito tempo, com o apoio e a experiência dos pioneiros do serviço funerário na cidade e no estado."

 

 

 

  

 Galeria de Imagens

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 2398 vezes