Todas as Notícias

Notícias 29 Outubro 2017

Coordenadoria define metas e plano de trabalho para cemitérios e funerárias do Rio

Avalie este item
(0 votos)

Representantes dos cemitérios e funerárias do Rio de Janeiro participaram da reunião ordinária da CCF - Coordenadoria de Controle de Cemitérios e Serviços Funerários, na última quinta-feira, 26. Diógenes Dantas Filho, coordenador geral do órgão, apresentou os primeiros resultados alcançados e as ações programadas para o próximo ano em ambas as áreas. Desirée Serqueira Krause representou o novo Secretário Municipal de Conservação e Meio Ambiente – SECONSERMA, o deputado estadual Jorge Felippe Neto.

 

Técnicos e executivos apresentaram a proposta de nova estrutura da CCF junto à Seconserma, que deverá ser aprovada, com o objetivo de dar mais agilidade ao setor. Segundo o Coronel Diógenes, todas as equipes da Coordenadoria têm trabalhado na observação rigorosa do Decreto que transferiu a gestão dos cemitérios públicos para as Concessionárias Reviver e Rio Pax. “Desde a fiscalização de prazos até a qualidade das obras executadas e a aplicação de multas, estamos agindo sempre no interesse público”, afirmou.

 

Planos para 2018.

Animais - Pelo planejamento apresentado, a regulamentação da polêmica Lei 6.059 de 2016, que autoriza o sepultamento de animais de estimação nos jazigos perpétuos de seus donos, será tema de debates e estudos técnicos de vários outros órgãos, como a Secretaria de Saúde.

Qualidade – O treinamento dos cerca de 700 agentes funerários da cidade será realizado em parceria com o Sindicato Estadual das Funerárias – SEFERJ.

Arquivo – Todos os livros de registros de óbito recebidos da Santa Casa de Misericórdia serão recuperados e digitalizados “ao vivo”, em instalações especialmente construídas na sede da CCF.

Lido 1194 vezes