Imprimir esta página
Finados no Rio: movimento de 500 mil nos cemitérios mostra que tradição está viva
Notícias 03 Novembro 2017

Finados no Rio: movimento de 500 mil nos cemitérios mostra que tradição está viva

Avalie este item
(0 votos)

O feriado prolongado distribuiu o fluxo de visitantes em vários dias e horários pelos cemitérios do Rio de Janeiro. Quem escolheu ficar na cidade também pensou em fugir do tumulto das primeiras horas do dia 2, deixando a tradicional visita para o período da tarde. Mas o que se viu foi um movimento acentuado no dia anterior (1) e até na manhã desta sexta-feira, dia 3.

No Cemitério do Caju, assim como em toda a rede de cemitérios públicos administrados pela Concessionária Reviver (São Francisco Xavier -  Caju, Cacuia – Ilha do Governador, Ricardo de Albuquerque, Murundu – Realengo, Santa Cruz, Ilha de Guaratiba e Ilha de Paquetá), o público foi recebido com ações promovidas por diversos grupos religiosos, num ambiente de necessário respeito pela diversidade. Missas, cultos, distribuição de livros e mensagens, além de muitas demonstrações de fé, aconteceram com garantia da legislação.

Durante todo o dia de finados, as polícias do estado e do município, trabalharam em parceria com órgãos públicos e privados de segurança, limpeza, saúde e fiscalização, evitando vandalismos, furtos e outros inconvenientes. Os setores de atendimento dos cemitérios também receberam os visitantes com brindes, muita água gelada, sanitários químicos e lixeiras em pontos espalhados pelas quadras mais distantes das administrações.

Quem visitou o São Francisco Xavier para homenagear parentes e amigos, aproveitou para relembrar ídolos como: Tim Maia, Jerry Adriani, Paulo Sérgio, Orlando Silva, Emilinha Borba, Cartola, Dona Zica, Jamelão, Waldick Soriano e outros famosos de diversas áreas.

 

Recadastramento de Jazigos

Segundo a Reviver, centenas de proprietários de jazigos perpétuos aproveitaram a oportunidade para atualizar seus dados cadastrais. Desde a entrada em vigor do Decreto que mudou a gestão dos cemitérios municipais, todos os jazigos precisam ser recadastrados e permanecer em perfeitas condições de manutenção, para que não sejam considerados abandonados para fins de retomada.

 

 

Lançamento de Aplicativo

A grande novidade deste Dia de Finados no Brasil foi o lançamento do aplicativo de celular e de computador iPax (ipaxapp.com), pioneiro no setor de serviços funerários e cemiteriais. O último setor econômico sem aplicativo vai garantir informação, fornecedores de qualidade e preços mais competitivos, assim como aconteceu com a chegada do Uber e de outros apps.

Durante o lançamento, no Caju, muitos potenciais usuários confirmaram o que já se sabia: o iPax não é um aplicativo para permanecer baixado nos celulares das pessoas, como o Whatsapp, por exemplo. Porém, como se pode constatar em alguns depoimentos de jovens e adultos, a ideia será de grande utilidade nos momentos mais tristes da vida.

Nos próximos dias a plataforma começa o cadastramento das parcerias e publicação das promoções. Os contatos podem ser feitos pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 Mais de 500 mil visitantes nos cemitérios da rede Reviver, comprovam que a tradição de Finados permanece viva:

Ilha de Guaratiba

 

Santa Cruz

 

Realengo

 

Ricardo de Albuquerque

 

Ilha do Governador

 

Ilha de Paquetá

Lido 1053 vezes
Entre para postar comentários