Imprimir esta página
Cemitérios Públicos recebem público com novidades
Notícias 01 Novembro 2016

Cemitérios Públicos recebem público com novidades

Avalie este item
(0 votos)

O cemitério São Francisco Xavier, no Caju, o maior doRio de Janeiro, decidiu inovar. No próximo Dia de Finados (2), os visitantes receberão uma espécie de kit antissaudade, com um coração feito em espuma e no qual estará escrita a frase 'Quando a saudade apertar, aperte aqui'. É uma forma de aliviar a dor do ente querido que se foi.

 

O cemitério, aliás, estreará comunicação visual nova no Finados. São placas para facilitar o acesso  às aleias, capelas, banheiro, recadastramento, administração, etc. Os outros seis cemitérios administrados pela Concessionária Reviver também estão ganhando sinalização mais moderna.   

A missa inaugural acontece no cemitério do São Francisco Xavier (Caju), às 8h, e ao longo de todo o dia haverá equipe de plantão aferindo pressão e taxa de glicose dos visitantes que desejarem.    

 

Ampliação de mais de 10 mil jazigos

O São Francisco Xavier também está com obras de ampliação de jazigos. Estão sendo construídos mais de 10 mil novas sepulturas no cemitério, e a previsão é que em novembro as primeiras mil unidades já estejam à disposição do público.

 

Lançamento no Caju

A grande novidade do setor cemiterial e funerário, porém, é o lançamento nacional do Dears Book, um inédito livro digital, hospedado nas nuvens, criado para que as cidades registrem suas celebridades em todos os campos, pelo tempo que existir a internet. Segundo os idealizadores, toda cidade tem os seus Queridos para Sempre! Poetas, cantores, atores, escritores, cientistas, educadores, líderes e heróis de todas as áreas e épocas, que ao longo do tempo foram imortalizados em nomes de bairros, ruas, praças e prédios. No entanto, se existem cada vez menos espaços sem nome, como as pessoas serão homenageadas no futuro?

Assim, as instituições e as famílias estão ganhando uma inovação na forma de se contar a história para as futuras gerações e de prestar homenagem além da vida. 

 

Igreja secular reaberta no São João Batista 

Já no São João Batista, um dos principais cemitérios da cidade, a novidade é a reabertura da secular igreja do cemitério - inaugurada por Dom Pedro II e com imagens sacras muito antigas -, que foi restaurada e reformada pela Concessionária Rio Pax e estará aberta para a celebração de missas ao longo de todo o Dia de Finados. O cemitério também estreia um novo paisagismo na sua aleia principal.   

 

Programação nos 13 cemitérios públicos do Rio: 

São Francisco Xavier (Caju): aberto das 8h às 18h. Missas de hora em hora (das 8h às 16h).

São João Batista: aberto das 8h às 18h. Missa de hora em hora na secular   igreja do cemitério.    

Cacuia - Ilha do Governador: aberto das 8h às 18h. Missas às 8h, 9h30, 11h, 14h, 15h30 e 17h.

Murundú - Realengo: aberto das 8h às 18h. Missas às 8h, 10h, 12h, 14h e 16hs.

Santa Cruz: aberto das 8h às 18h. Missas às 8h30, 10h, 14h e 16h.

Guaratiba: aberto das 8h às 18h. Missas às 8h, 10h e 15h.

Paquetá: aberto das 8h às 18h. Missa às 10h.

Ricardo de Albuquerque: aberto das 8h às 17h. Missas às  8h, 9h, 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h. 

Jacarepaguá: aberto das 8h às 18h. Missas de hora em hora. 

Irajá: aberto das 8h às 18h. Missas de hora em hora. 

Inhaúma: aberto das 8h às 18h. Missas de hora em hora. 

Campo Grande: aberto das 8h às 18h. Missas de hora em hora. 

Piabas (Vargem Grande): aberto das 8h às 18h. Missas de hora em hora. 

Lido 1392 vezes
Entre para postar comentários