Todas as Notícias

Notícias 14 Dezembro 2017

Inaugurado o Centro de Livros Cemiteriais do Rio de Janeiro

Avalie este item
(0 votos)

Aconteceu nesta quinta-feira, 14, a inauguração do Centro de Livros Cemiteriais do Município do Rio de Janeiro. A iniciativa pioneira vai reunir num ambiente absolutamente seguro, todos os livros de registro e controle de terrenos perpétuos e jazigos, encontrados desde que os sepultamentos foram proibidos nas igrejas e migraram para os chamados Campos Santos, começando pelo Caju, o primeiro cemitério público local e um dos maiores do país.

A implantação e as despesas operacionais do CELICEM-RJ, realização da Coordenadoria Geral de Controle de Cemitérios e Serviços - CGCS, órgão da SECONSERMA – Secretaria de Conservação e Meio Ambiente, foram custeadas pelas Concessionárias Rio Pax S.A e Reviver S.A, empresas vencedoras do processo de transferência da gestão dos cemitérios públicos do município, em 2014, cumprindo cláusula contratual nesse sentido.

O CELICEM-RJ vai operar com equipamentos de última geração e profissionais altamente especializados na restauração e preservação desses “manuscritos raros e absolutamente imprescindíveis para descendentes e historiadores”, garantiu o Coordenador da CGCS, Diógenes Dantas Filho.

Responsável pelos cemitérios e crematórios públicos e particulares do Rio, além de todos os outros estabelecimentos funerários, a Prefeitura vai permitir que além dos técnicos do setor, também pesquisadores credenciados utilizem dados de interesse público, como informações para elaboração de Planejamento Estratégico, ou o destino final das personalidades que escreveram a história das suas cidades e do Brasil, e se tornaram Queridos para Sempre!

 

A placa de inauguração foi descerrada pelo atual secretário, Jorge Felippe Neto e pelo presidente da COMLURB, Rubens Teixeira, o ex-secretário que incentivou o projeto CELICEM. Em sua fala, representando o Prefeito Marcelo Crivella, Jorge Felippe lembrou que “uma cidade que não olha para o seu passado, que não respeita a memória de seus falecidos, também não pode planejar o futuro das novas gerações”.

 

 

O grande desafio será o imenso trabalho de recuperação do acervo cemiterial, desde a higienização, restauração, digitalização e guarda dos livros com registros dos 13 cemitérios.

 

Pelas vitrines, o centro vai permitir o acompanhamento em tempo real de seu trabalho, inaugurando o novo espaço de pesquisa cultural e patrimonial da cidade.

 

 

Algumas presenças no evento:

 

 

 

 

 

Endereço: R. Maia de Lacerda, 167 - Estácio, Rio de Janeiro - RJ

Lido 1685 vezes

Gostou? Compartilhe!

Tudo que você precisa saber sobre os cemitérios do estado do Rio de Janeiro, num só lugar! Mande Notícias

Entre nas Redes

         

Veja Mais

Legislação dos Cemitérios e Funerárias
Conheça o Decreto sobre as atividades cemiteriais e funerárias. Veja Mais

Curiosidades sobre os Cemitérios
O cemitério do Catumbi foi o primeiro do Brasil construído a céu aberto destinado a não-indigentes. Veja Mais

A Maior Galeria de Arte