Todas as Notícias

Notícias 03 Novembro 2017

Finados no Rio: movimento de 500 mil nos cemitérios mostra que tradição está viva

Avalie este item
(0 votos)

O feriado prolongado distribuiu o fluxo de visitantes em vários dias e horários pelos cemitérios do Rio de Janeiro. Quem escolheu ficar na cidade também pensou em fugir do tumulto das primeiras horas do dia 2, deixando a tradicional visita para o período da tarde. Mas o que se viu foi um movimento acentuado no dia anterior (1) e até na manhã desta sexta-feira, dia 3.

No Cemitério do Caju, assim como em toda a rede de cemitérios públicos administrados pela Concessionária Reviver (São Francisco Xavier -  Caju, Cacuia – Ilha do Governador, Ricardo de Albuquerque, Murundu – Realengo, Santa Cruz, Ilha de Guaratiba e Ilha de Paquetá), o público foi recebido com ações promovidas por diversos grupos religiosos, num ambiente de necessário respeito pela diversidade. Missas, cultos, distribuição de livros e mensagens, além de muitas demonstrações de fé, aconteceram com garantia da legislação.

Durante todo o dia de finados, as polícias do estado e do município, trabalharam em parceria com órgãos públicos e privados de segurança, limpeza, saúde e fiscalização, evitando vandalismos, furtos e outros inconvenientes. Os setores de atendimento dos cemitérios também receberam os visitantes com brindes, muita água gelada, sanitários químicos e lixeiras em pontos espalhados pelas quadras mais distantes das administrações.

Quem visitou o São Francisco Xavier para homenagear parentes e amigos, aproveitou para relembrar ídolos como: Tim Maia, Jerry Adriani, Paulo Sérgio, Orlando Silva, Emilinha Borba, Cartola, Dona Zica, Jamelão, Waldick Soriano e outros famosos de diversas áreas.

 

Recadastramento de Jazigos

Segundo a Reviver, centenas de proprietários de jazigos perpétuos aproveitaram a oportunidade para atualizar seus dados cadastrais. Desde a entrada em vigor do Decreto que mudou a gestão dos cemitérios municipais, todos os jazigos precisam ser recadastrados e permanecer em perfeitas condições de manutenção, para que não sejam considerados abandonados para fins de retomada.

 

 

Lançamento de Aplicativo

A grande novidade deste Dia de Finados no Brasil foi o lançamento do aplicativo de celular e de computador iPax (ipaxapp.com), pioneiro no setor de serviços funerários e cemiteriais. O último setor econômico sem aplicativo vai garantir informação, fornecedores de qualidade e preços mais competitivos, assim como aconteceu com a chegada do Uber e de outros apps.

Durante o lançamento, no Caju, muitos potenciais usuários confirmaram o que já se sabia: o iPax não é um aplicativo para permanecer baixado nos celulares das pessoas, como o Whatsapp, por exemplo. Porém, como se pode constatar em alguns depoimentos de jovens e adultos, a ideia será de grande utilidade nos momentos mais tristes da vida.

Nos próximos dias a plataforma começa o cadastramento das parcerias e publicação das promoções. Os contatos podem ser feitos pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 Mais de 500 mil visitantes nos cemitérios da rede Reviver, comprovam que a tradição de Finados permanece viva:

Ilha de Guaratiba

 

Santa Cruz

 

Realengo

 

Ricardo de Albuquerque

 

Ilha do Governador

 

Ilha de Paquetá

Lido 496 vezes

Gostou? Compartilhe!

Tudo que você precisa saber sobre os cemitérios do estado do Rio de Janeiro, num só lugar! Mande Notícias

Entre nas Redes

         

Veja Mais

Legislação dos Cemitérios e Funerárias
Conheça o Decreto sobre as atividades cemiteriais e funerárias. Veja Mais

Curiosidades sobre os Cemitérios
O cemitério do Catumbi foi o primeiro do Brasil construído a céu aberto destinado a não-indigentes. Veja Mais

A Maior Galeria de Arte